Gifs são extremamente populares, são como vídeos que se repetem numa versão animada de memes. Memes são imagens com alguma mensagem textual irônica. Se você já viu uma foto de Willy Wonka com um texto carregado de algum significado social, ou um bebê com o punho da vitória, então você já viu um meme.

Entender os memes é algo importante porque te prepara para a compreensão de um gif. Um meme pode ser descrito como “uma imagem, vídeo ou texto bem humorado que pode apresentar variações sutis e que se espalhou rapidamente pelos usuários da internet.” Seu meme pode até não viralizar, mas ele vai acrescentar duas coisas para sua campanha de e-mail: (1) vai torná-lo engraçado, e (2) vai aumentar a chance de ser compartilhado como um link dentro de rede social do cliente.

Memes são comunicações visuais voltadas para a geração Milleannial. Eles são rápidos, peculiares e carregam com si uma mensagem. Elas têm o potencial para tirar uma foto e carregá-lo com a sua mensagem. Você pode usar tanto um meme que já foi criado, quanto pode criar seu próprio meme através do meme-generator. No entanto, inserir um meme em sua campanha de email pode ser um pouco complicado. Há obstáculos e medidas intermináveis para garantir que os destinatários estão de fato vendo seu email. Há também os passos que você pode seguir para garantir que os servidores mostrem essas imagens.

Gifs – gráficos curtos e parcialmente animados – são a versão em vídeo dos memes. Eles dão vida à sua campanha de email de uma forma engajadora e impactante. Servidores de email são estranhamente mais sensíveis aos gifs (atenção: gifs não são vídeos), ainda assim, inserir vídeos em uma campanha de email pode ser complicado; é exatamente por isso que você precisa de uma ferramenta de email que te oriente a inserir os vídeos.

Outra questão é COMO você usa os gifs. Se você usar gifs, você vai querer ter certeza de que você está usando para melhorar sua campanha e não para distrair o leitor. Por exemplo, é uma ótima forma de mostrar o seu produto ou mostrar ao seu cliente como se engajar com a sua marca.

Confira aqui alguns bons exemplos.

Gifs não são tão úteis quando você estiver usando-os só para distrair os clientes do seu produto ou mensagem, neste caso passam a ser mais um incomodo do que algo que agregue ao leitor.

Gifs e memes são ferramentas que levam a sua mensagem ainda mais além – mas eles não são chamadas para a ação. Não importa o quão incrível é o seu gif, você ainda vai precisar de boas chamadas para a ação – o que significa que você ainda precisa de um bom redator e diretor de arte para dar vida a sua mensagem.