Muitas empresas checam seus esforços de marketing mensal, trimestral, bi-anualmente ou até mesmo anualmente. Esta é uma prática normal, podendo até mesmo agendar reuniões em torno destes prazos, mas há muitos outros cenários que podem forçá-lo a rever suas estratégias de email marketing.

Abaixo, destacarei alguns motivos pelos quais a estratégia de email marketing deve ser verificada regularmente.

Necessidades da época do ano

No caso de um varejista ou um negócio cuja operação é afetada por feriados ou datas comemorativas, é importante checar a eficácia dos esforços de marketing ao redor desses dias. Minha sugestão é de criar datas de abertura e encerramento para cada temporada. Tais datas marcam o início e fim de cada ciclo de marketing. Durante um ciclo, seu marketing estará sendo executado a todo vapor; raramente deve mudar alguma coisa com essas datas. A idéia é criar um plano, executá-lo e depois revisar os resultados para fazer melhorias. Se procurar realizar mudanças enquanto o plano está sendo executado, ficará difícil identificar exatamente aquilo que contribuiu para o sucesso do plano. Seja paciente e procure criar planos que possa executar do início ao fim. Caso seja novo à idéia de email marketing, comece com campanhas pequenas de apenas 1 ou 2 emails e aumente à medida que for pegando o jeito.

Ao planejar sobre uma temporada, sugiro iniciar com pelo menos 1 a 3 meses de antecedência (dependendo do tamanho de sua empresa e número de pessoas envolvidas – empresas maiores necessitam de mais tempo). No entanto, sugiro não planejar com muito tempo de antecedência, para que suas estratégias sejam o mais relevante possível.

Ao revisar sua campanha após o término de uma temporada, é extremamente importante que procure identificar áreas de melhoria para a próxima temporada ou para o ano seguinte.

Mudanças importantes dentro da empresa

Digamos que acaba de adicionar um novo produto ou serviço ao seu leque de ofertas. Este é o momento ideal para revisar seus esforços de marketing. Deve certificar-se de que o novo produto ou serviço esteja recebendo a devida atenção. Caso esteja em meio à execução de um ciclo existente, pode incluir um email único apresentando a mais recente adição, depois planejar sobre como incorporar o novo produto ou serviço na estratégia de marketing em curso.

Mudanças importantes fora da empresa

Com relação à indústria em que atua, o que têm mudado fora de sua empresa? É importante se adaptar rapidamente a essas mudanças afim de permanecer sempre à frente da concorrência. Algumas mudanças podem não afetar suas estratégias de marketing diretamente, mas caso afetem, pode obter uma grande vantagem sobre seus competidores. Por exemplo, um consultor de web que saiba que a Google está realizando mudanças em seus algoritmos pode preparar um email introdutório para informar seus contatos das potenciais atualizações que seus sites precisarão realizar para que obtenham o melhor desempenho. Manter seus contatos informados e atualizados com os padrões da indústria os dará conforto em saber que optaram corretamente em escolhê-lo como seu prestador de serviço.

Fim do ciclo de marketing

Caso não siga feriados ou temporadas específicas, crie suas próprias! Pode criar ciclos de marketing de curto e longo prazo. Isto é comum para prestadores de serviço, consultores ou freelancers. Digamos que acaba de apresentar um webinar. Deverá mandar emails para todos os convidados tanto antes quanto depois do webinar, certo? Bem, antes de iniciar seu próximo webinar, verifique as estatísticas e estratégia adotada para certificar-se de que pode melhorar o máximo possível. Certa vez me inscrevi em alguns webinars apresentados por uma empresa. Ao final de cada webinar, enviavam uma sequência de emails para cada participante. Para economizar tempo, percebi que utilizavam a mesma sequência, o que não é mau, mas poderiam ter corrigido os erros de digitação se tivessem cuidadosamente verificado as campanhas antes e depois de cada webinar. Ao invés disso, simplesmente criaram uma única campanha e a copiaram para toda a sua série de webinars. É importante checar por melhorias nas mensagens e chamadas à ação, mas mais importante ainda é certificar-se de que as cópias e gramática estão corretas. Todos podemos cometer erros, mas caso cometa os mesmos erros muitas vezes seguidas, estará demonstrando falta de atenção para com seus contatos.

Ao criar sua estratégia de email marketing, a despeito da duração de seu ciclo de marketing, deve planejar, executar, aprender e atualizar. É importante aplicar uma estratégia e ter paciência para então revisar os resultados. Caso tenha uma campanha muito longa, procure dividí-la em seções ao definir metas e objetivos. Dessa forma não terá que esperar até o final do ciclo para atualizar ou realizar mudanças aos emails.

Em seguida, destaquei algumas áreas principais para checar quando for revisar seus esforços de email marketing:

Processo de integração

  • Como as pessoas se inscrevem para receber seus emails? O processo de inscrição é claro e fácil de encontrar? Se tem uma página longa, procure localizar as opções de inscrição em algumas áreas ao invés de somente no início ou final.
  • O assinante consegue entender rapidamente a que está se inscrevendo? Ex. “Inscreva-se para receber atualizações mensais de nosso blog”. Notifique aos seus assinantes sobre o que estará enviando: “atualizações do blog”. E com qual frequência: “mensalmente”.
  • O processo de inscrição é fácil de seguir? Nada de passos complicados, somente os necessários.
  • Está solicitando informações suficientes? Qual é a informação que PRECISA de seu assinante para melhor segmentar e organizar sua(s) lista(s)?
  • Muita informação? Pedir informação demais pode afugentar potenciais assinantes. Pondere sobre qual informação necessita para colocá-los na lista ou segmento apropriado? Lembre-se de que pode também aprender mais sobre seu assinante baseado em seu comportamento mais à frente, para segmentar ainda mais suas preferências.

Eficácia de cada email e passo

  • Qual é sua taxa de abertura de email? Isto está intimamente relacionado com a frase no assunto do email. Caso note uma baixa taxa de abertura, procure mudar algumas frases dos assuntos dos emails. Para emails que tenham problemas, busque criar testes em formato de A/B para experimentar múltiplos assuntos e incluir o melhor.
  • Qual é sua taxa de engajamento ou taxa de cliques? Certifique-se de que seu email entrega a mensagem esperada e suas chamadas à ação estão bem visíveis. Evite ter muitas chamadas à ação diferentes, mas sinta-se livre para ter múltiplos botões fazendo referência à mesma chamada à ação.
  • Como estão os dados analíticos de sua página? Uma vez que uma pessoa clica na chamada à ação de seu email, ela é enviada para a página correta? Esta página se alinha corretamente com a mensagem do email e o assinante pode facilmente entender e navegar para o próximo passo?

Integração com outras estratégias de marketing

  • Como o email marketing se encaixa com seus outros canais de marketing? O email marketing é um dos canais de marketing mais poderosos, mas se estiver utilizando outros canais em paralelo, é importante sincronizá-los para evitar o envio de mensagens idênticas por todos os canais simultaneamente. É comum ter as mesmas pessoas tanto como assinantes de seus emails como seguidoras de outros de seus canais. Defina destaques e perspectivas por canal e imagine que você receba todas as suas mensagens. Elas fazem sentido? Ou parece muito redundante?
  • Você tem um fluxo fácil? Como brevemente mencionado no ponto anterior, certifique-se de seus outros canais de marketing trabalham em sintonia uns com os outros. Inscreva-se no seu próprio fluxo e coloque-se em vários cenários diferentes. Caso fosse apenas um assinante de email, receberia as informações suficientes? E se estiver inscrito para tudo, recebe informação demais? Se ainda não segmentou sua lista, este exercício o ajudará a se organizar melhor no futuro.

Espero que estas informações o ajudem a identificar com qual frequência deve revisar suas estratégias de email marketing. Caso tenha outras sugestões, adoraríamos saber nos comentários abaixo!